Bonito, Mato Grosso do Sul - 20 de Setembro de 2021
Meio Ambiente

Viveiro de mudas em Bodoquena tem espécies para plantio na cidade e no campo

É possível solicitar a doação de muda na Secretaria de Turismo, por meio do Departamento do Meio Ambiente, que funciona das 07h00 às 13h00.

Com informações de assessoria
Em 27 de Julho de 2021 às 14h55
(Divulgação)

Com mais de 40 espécies de plantas nativas disponíveis para doação, o Viveiro Municipal de Bodoquena faz parte de um projeto da Prefeitura, realizado pela Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, para incentivar o plantio e a recuperação de áreas degradadas no município.

Localizado na rua Sebastião Raimundo de Barros, o viveiro abriga espécies para plantio no campo, nativas da flora local, que podem ser usadas para recuperação das áreas degradadas, e também espécies para plantio em calçada na área urbana, que vão de árvores frutíferas de goiaba, mamão, pinha e araçá, até espécies florais, a exemplo da pata-de-vaca, dama-da-noite e ipês brancos e amarelos. 

É possível solicitar a doação de muda para o plantio na Secretaria de Turismo, por meio do Departamento do Meio Ambiente, que funciona das 07h00 às 13h00. O trabalho é contínuo e além de fornecimento das mudas também é ofertado serviço de orientação de plantio e manejo de tratos culturais. “Quando a demanda chega, analisamos o local e a necessidade. E assim oferecemos a espécie mais adequada para plantio na referida área” explica o engenheiro ambiental Danilo Angelo.

Além de serem utilizadas para doação, as mudas também são destinadas a arborização em praças, passeios públicos, matas ciliares e nascentes do município.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.