Bonito, Mato Grosso do Sul - 13 de Julho de 2024
Meio Ambiente

Cerca de 250 famílias são socorridas e Bodoquena decreta emergência

Houve registro de estragos em Bodoquena, Jardim, Guia Lopes da Laguna e Corumbá.

Com informações de Campo Grande News
Em 21 de Outubro de 2022 às 16h53
(Divulgação)

O temporal da tarde desta quinta-feira (20) destelhou casas, derrubou árvores, deixou bairros sem energia e ruas alagadas em várias cidades de Mato Grosso do Sul. Em Bodoquena, por exemplo, cerca de 250 famílias em situação de vulnerabilidade foram afetadas pela forte chuva e são atendidas pela equipe de Assistência Social.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, o município vai decretar situação de emergência para aquisição de telhas e outros materiais. Ontem mesmo, lonas foram distribuídas e muitas famílias precisaram ir para a casa de parentes, porque tiveram as casas destelhadas. Tempestade com granizo que atingiu Bodoquena destelhou imóveis, destruiu estruturas, derrubou árvores e assustou os moradores da cidade. A cobertura de um posto de combustível caiu sobre bombas de abastecimento e de um carro. Ninguém ficou ferido.

Em Jardim, os trabalhos nesta manhã foram de atendimentos às famílias, retiradas de árvores que caíram sobre as casas e obstruíram ruas. Segundo o Corpo de Bombeiros, rajadas de ventos derrubaram diversas árvores de grande porte no centro, ruas ficaram alagadas, marquise de supermercado caíram e casas foram destelhadas.

“Toda nossa equipe do Corpo de Bombeiros está nas ruas, militares de folga foram acionados, além da Defesa Civil e Secretaria de Obras. Toda estrutura do município foi empenhada nas ruas para restabelecer a ordem. Todo o município ficou sem energia. Em Guia Lopes da Laguna, no município vizinho, uma tempestade de granizo atingiu a cidade. Apesar do temporal, ninguém ficou ferido”, disse comandante dos bombeiros, identificado apenas como Fernandes, ao site Jardim MS News.

Em Corumbá, segundo o Corpo de Bombeiros, foram sete solicitações de atendimento a quedas de árvores em razão do vento. A ocorrência de maior destaque foi na rua Teodomiro Serra, no Bairro Popular Velha, onde uma árvore da espécie Sete Copas caiu sobre uma residência danificando o telhado. Os militares fizeram o corte e a  retirada da árvore.

Mato Grosso do Sul registrou 618 mil descargas elétricas ventos que chegaram a 90 km/h desde ontem, quando foram registrados temporais que causaram queda de árvores, destelhamento e interrompimento de fornecimento de luz. Em nota, a empresa informou que a velocidade dos ventos acima dos 90 km/h foi registrada em Campo Grande, Aquidauana, Jardim, Paranaíba, Ribas do Rio Pardo e Terenos.

A Energisa, concessionária de energia, informou que, no Estado, foram atendidas 84% das ocorrências abertas por conta dos transtornos causados pelos temporais. A empresa informou que as equipes estão nas ruas desde a madrugada e seguem no atendimento, de forma ininterrupta, até o restabelecimento completo do sistema de fornecimento de energia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.