Bonito, Mato Grosso do Sul - 22 de Abril de 2024
Meio Ambiente

Polícia Militar Ambiental de Jardim vigia cardumes, fiscaliza embarcações e orienta pescadores

Quatro pesqueiros, oito embarcações de pesca amadora e 19 pescadores amadores estavam pescando legalmente no local.

Ketlen da Silva
Em 22 de Agosto de 2022 às 13h44
(Divulgação)

Quando os rios começam a pegar água com o início das chuvas, os cardumes começam a aumentar de tamanho em preparação à piracema e a Polícia Militar Ambiental precisa vigiá-los especialmente nos pontos em que eles são mais vulneráveis, que são as cachoeiras e as corredeiras dos rios, principalmente enquanto a água ainda está muito baixa, em que é possível ver os cardumes.

A PMA de Jardim realizou na última sexta-feira (19) o monitoramento de cardumes e fiscalizaram pesqueiros, embarcações de pescadores e pessoas desenvolvendo pesca no barranco do rio Miranda e afluentes. Os policiais fiscalizaram quatro pesqueiros, oito embarcações de pesca amadora, 19 pescadores amadores, incluídos os que pescavam no barranco do rio, e todos estavam pescando legalmente com suas respectivas autorizações ambientais de pesca. Os pescadores foram orientados quanto à legislação ambiental sobre pesca em vigor.

A PMA continuará com a fiscalização nos rios para evitar a pesca predatória, evitando que pescadores pratiquem pesca ilegalmente e que armem os petrechos ilegais, ou pelo menos, fazendo a retirada desse material sem que tenham prejudicado os cardumes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.