Bonito, Mato Grosso do Sul - 22 de Janeiro de 2020
Meio Ambiente

PMA de Miranda autua fazendeiro por exploração de madeira em Bodoquena

A multa aplicada totalizou R$ 7,5 mil e o infrator responderá por crime ambiental com uso de motosserra sem licença.

Ketlen da Silva
Em 13 de Janeiro de 2020 às 09h37
Divulgação (PMA)

Na última sexta-feira (10) à tarde, a Polícia Militar Ambiental realizou vistoria em uma fazenda localizada a 10 km de Bodoquena e verificou que havia a derrubada de árvores nas matas ciliares, em Área de Preservação Permanente (APP), de um córrego que corta a propriedade, com o uso de uma motosserra, para a qual também não havia documentação ambiental.

A madeira retirada da área protegida estava sendo desdobrada em estacas para cercas e vigas, que mediram 3,5 m³ e foram apreendidas, juntamente com a motosserra ilegal utilizada no crime. O funcionário da fazenda afirmou que estava cortando apenas toras de madeira seca, porém, os policiais verificaram a derrubada de árvores vitalizadas no local e perceberam que a exploração seria continuada, caso a fiscalização não localizasse o crime, e mesmo se fosse madeira seca, haveria a necessidade de licença ambiental. As atividades foram interditadas.

O infrator (48), proprietário da fazenda, residente em Miranda, responderá pelo crime de degradação de Área de Preservação Permanente (APP), com pena de um a três anos de detenção e por crime ambiental com uso de motosserra sem licença, com pena de três meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 7.500,00 pelas infrações.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.