Bonito, Mato Grosso do Sul - 23 de Setembro de 2020
Meio Ambiente

PMA autua dono de rancho por desmatamento em matas ciliares à margem do rio Pardo

A máquina utilizada foi apreendida e o infrator foi multado em R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção.

Ketlen da Silva
Em 21 de Janeiro de 2020 às 10h34
(PMA)

Durante fiscalização ambiental na zona rural do município, a Polícia Militar Ambiental de Bataguassu constatou ontem (20) à tarde, em uma propriedade rural, localizada a 30 km da cidade, o desmatamento de matas ciliares (Área de Preservação Permanente - APP) do rio Pardo, sem autorização ambiental.

O proprietário de um rancho realizou o desmatamento de uma área de 0,2 hectares da área protegida de matas ciliares do rio, com uso de uma máquina, sem a devida licença ambiental. Ele possuía a Autorização Ambiental Eletrônica (AA-E), que é expedida pelo portal do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), que é retirada eletronicamente para atividades de baixo impacto e, para esses casos, a norma trata de abertura para acesso aos cursos d’água de até seis metros apenas.

A máquina utilizada na degradação da área protegida foi apreendida e a atividade foi paralisada. O infrator (42), residente em Bataguassu, foi autuado administrativamente e multado em R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um Plano de Recuperação da área Degradada e Alterada (PRADA).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.