Bonito, Mato Grosso do Sul - 22 de Fevereiro de 2020
Meio Ambiente

MPMS firma TAC para reparação de danos ambientais em RPPN de Eldorado

O Termo estabelece a obrigação de indenizar os danos ambientais e se compremeter a realizar qualquer alteração em área de preservação mediante autorização de um órgão ambiental.

Com informações de MP/MS - Ketlen da Silva
Em 23 de Janeiro de 2020 às 10h21
RPPN Ernesto Vargas Batista. (MP/MS)

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP/MS), por meio do promotor de justiça Gustavo Henrique Bertocco de Souza, titular da Promotoria de Justiça de Eldorado (MS), celebrou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com uma empresária para garantir a reparação de danos ambientais praticados em uma Área de Preservação Permanente localizada no Distrito do Morumbi, às margens do Rio Paraná, especificamente no que alcança a RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) Ernesto Vargas Batista.

De acordo com cláusula definida no TAC, a empresária se compromete a não realizar aterramento de açude em área de preservação permanente da Chácara C-18-D, no Distrito do Morumbi, sem autorização do órgão ambiental competente.

Ela assume também a obrigação de indenizar os danos ambientais, para reparação por ato ilícito, através de doação ao Fundo Especial de Apoio e Desenvolvimento do Ministério Público de uma quantia certa fixada no Termo de Compromisso.

Em caso de descumprimento das determinações previstas no TAC, terá que pagar uma multa diária, no valor de R$ 500,00, que deverá ser recolhida no prazo de 10 dias. Excedendo o prazo, a empresária poderá ser acionada extrajudicialmente.

RPPN Ernesto Vargas Batista

A RPPN Ernesto Vargas Batista foi criada por meio da Resolução Semagro 670, em janeiro de 2019. A área está localizada no município de Eldorado, com cerca de 15 hectares de suma importância para a conservação da biodiversidade. A RPPN está inserida em um mosaico de áreas de conservação estabelecidas nos dois lados do Rio Paraná, formando um extenso corredor de biodiversidade que se liga ao Parque Nacional do Iguaçu.

A reserva foi classificada pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) como “ Wetland ”: áreas muito frágeis e de grande importância para a preservação (local de reprodução, abrigo e fonte de alimentos para fauna local e migratória – aves). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.