Bonito, Mato Grosso do Sul - 27 de Janeiro de 2021
Meio Ambiente

Infrator é autuado por derrubar e incendiar árvores no Pantanal

Multado em R$ 1.000,00, o acusado realizou a derrubada de diversas árvores nativas isoladas em uma área de 10 hectares.

Ketlen da Silva
Em 21 de Dezembro de 2020 às 13h23
(Divulgação)

Em uma operação nas propriedades rurais do Pantanal da Nhecolândia depois de receber denúncias de focos de incêndio no local, a Polícia Militar Ambiental de Corumbá autuou hoje (21) um proprietário rural por incêndio em restos de galhadas, com riscos de atingir outras áreas do Pantanal. A PMA localizou ontem (20), na fazenda do infrator, localizada a 120 km da cidade, a derrubada de diversas árvores nativas isoladas em uma área de 10 hectares.

O proprietário possuía autorização para a derrubada das árvores, porém não possuía a licença para a queima dos restos da madeira que foram incendiados em diversos amontoados. O infrator (79), residente em Corumbá, foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.000,00.

A Portaria do IMASUL nº 797, de 24 de junho de 2020, suspendeu as autorizações ambientais de queima controlada pelo prazo de 180 dias. Além disso, um Decreto Federal também proibiu a queima controlada até novembro e o arrendatário sabia da suspensão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.