Bonito, Mato Grosso do Sul - 28 de Setembro de 2020
Meio Ambiente

Incêndios: 12% do Bioma Pantanal já foram consumidos pelas queimadas

No último domingo (13), conforme dados de satélites do Inpe, foram registrados 1.344 focos de calor, sendo 378 em Corumbá (28%), 373 em Alcinópolis (27,8%) e 130 em Pedro Gomes (9,7%).

Ketlen da Silva
Em 15 de Setembro de 2020 às 13h14
(Divulgação)

Com a assinatura do decreto de emergência ambiental em todo o Estado, realizada na manhã desta segunda-feira (14), pelo governador Reinaldo Azambuja, será possível intensificar os trabalhos de combate aos incêndios em todos pontos onde há focos de calor. Segundo o titular da Semagro, Jaime Verruck, a preocupação maior é com o bioma Pantanal que já tem 12% de sua área destruída pelas queimadas.

Verruck destacou que desde março o Governo do Estado lançou um projeto de emergência ambiental, para que fosse desenvolvida ação coordenada junto com os Ministérios do Meio Ambiente e Defesa.

Verruck destacou também o apoio da ministra Tereza Cristina (Agricultura e Pecuária) na ampliação da força-tarefa criada pelo Governo do Estado em julho, quando o governador decretou emergência ambiental nos municípios pantaneiros de Corumbá e Ladário, e do Exército, que enviou 70 homens para o combate aos incêndios no Parque Estadual das Nascentes do Taquari, em Alcinópolis.

No último domingo (13), conforme dados de satélites do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), foram registrados 1.344 focos de calor, sendo 378 em Corumbá (28%), 373 em Alcinópolis (27,8%) e 130 em Pedro Gomes (9,7%).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.