Bonito, Mato Grosso do Sul - 7 de Agosto de 2020
Meio Ambiente

Homem que realizou manobras em alta velocidade dentro de área de proteção ambiental é autuado em Corumbá

Um vídeo circulava nas redes sociais desde o dia 25 de junho e, após receber um relatório sobre os possíveis danos, a PMA localizou e multou o autor em R$500,00 pelo uso indevido.

Ketlen da Silva
Em 10 de Julho de 2020 às 14h41
(Divulgação/PMA)

A Polícia Militar Ambiental de Corumbá recebeu denúncias no dia 25 de junho sobre um vídeo que circulava nas redes sociais com pessoas em um veículo do tipo camionete utilizando a Unidade de Conservação (UC), denominada Área de Proteção Ambiental Baía Negra, localizada no município de Ladário. No vídeo, as pessoas brincavam em uma camionete e o motorista fazia manobras radicais no local.

A PMA esteve no local no dia da denúncia e solicitou um relatório ao Gestor da APA e iniciou trabalhos para identificar o autor. Hoje (10), depois de receber relatório sobre os possíveis danos, a PMA localizou o infrator, o autuou administrativamente e aplicou multa de R$ 500,00 pelo uso indevido da área protegida.

O homem, um comerciante de 46 anos, residente em Corumbá, assumiu a autoria e afirmou não ter conhecimento da proibição daquele tipo de uso no local.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.