Bonito, Mato Grosso do Sul - 30 de Novembro de 2020
Meio Ambiente

Homem preso por assalto é multado em R$ 25 mil por manter filhotes de papagaio em cativeiro em Jardim

Ele afirmou à PMA que havia pego os filhotes de um ninho em uma árvore que havia caído na chácara, porém os policiais suspeitam que o infrator executaria a venda dos animais.

Ketlen da Silva
Em 12 de Novembro de 2020 às 17h12
(Divulgação)

Durante prisão de um suspeito por assalto em uma chácara de Jardim, a Polícia Civil acionou a Polícia Militar Ambiental da cidade nesta quinta-feira (12) ao encontrar cinco aves silvestres que eram mantidas ilegalmente em cativeiro pelo acusado.

Ele afirmou à PMA que havia pego os filhotes de um ninho em uma árvore da espécie Bocaiúva que havia caído na chácara, porém os policiais suspeitam que o infrator executaria a venda dos animais, os quais foram apreendidos.

O infrator, de 37 anos, residente em Jardim, foi autuado administrativamente e multado em R$ 25.000,00 pela PMA. Ele foi conduzido, juntamente com as aves apreendidas, à delegacia de Polícia Civil da cidade e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Os animais foram alimentados pelos Policiais Militares Ambientais e serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
Em 27 de Novembro de às 16h34
Angelo Rabelo, Diretor do Instituto Homem Pantaneiro (IHP),  ressalta que ações de recuperação estão sendo tomadas para reverter a situação.
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.