Bonito, Mato Grosso do Sul - 7 de Agosto de 2022
Meio Ambiente

Homem é multado em R$ 394 mil por incêndio em 1.311 hectares em Corumbá

O proprietário do imóvel, residente em Campo Grande, informou à equipe que não havia ateado fogo.

Ketlen da Silva
Em 04 de Agosto de 2022 às 13h25
(Divulgação)

Depois da proibição da queima controlada até o final do ano, inclusive para quem possuía licença e não havia realizado a queima, o Comando da Polícia Militar Ambiental vem intensificando os trabalhos na Operação Prolepse de prevenção aos incêndios. Além disso, a população tem ajudado muito denunciando as pessoas que insistem em desrespeitar as normas.

Nesta quarta-feira (03), a Polícia Militar Ambiental de Corumbá, que trabalha na operação Prolepse, recebeu uma denúncia sobre um incêndio em área de uma propriedade rural do município. A equipe foi até o local e verificou que a denúncia procedia, ao encontrar uma grande área incendiada. Os policiais realizaram os levantamentos e, com uso de GPS, mediram as dimensões da área afetada, que totalizou 1.311,73 hectares.

O proprietário do imóvel (36), residente em Campo Grande, informou à equipe que não havia ateado fogo. Ele foi orientado quanto a proibição da queima e sobre os riscos de se perder o controle neste período seco. O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 393.600,00.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.