Bonito, Mato Grosso do Sul - 19 de Maio de 2022
Meio Ambiente

Homem é multado em R$ 2 mil por criação ilegal de javali em Jardim

Ele também responderá por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização do órgão ambiental competente, com pena prevista de um a seis meses de detenção.

Ketlen da Silva
Em 28 de Abril de 2022 às 14h21
(Divulgação)

Uma equipe da Policia Militar Ambiental de Jardim recebeu denúncias de moradores do Assentamento Palmeiras nesta quarta-feira (27) de que pessoas estariam criando ilegalmente javaporco, espécie híbrida resultante do cruzamento entre javali e porco doméstico, que pode chegar a 200 kg. A equipe foi até o local indicado e localizou em um chiqueiro a criação ilegal.  

O órgão ambiental não permite mais novas criações e cruzamentos desse animal desde o ano de 2013, quando ele foi instituído como nocivo, inclusive, com permissão de abate, desde que com licenciamento junto ao órgão ambiental. A proprietária do imóvel informou à Polícia que o animal pertencia ao seu irmão e que o javaporco havia nascido há cinco meses, após um javali invadir a propriedade. O animal foi apreendido.

O infrator (28), residente em Nioaque, foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.000,00. Ele também responderá por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização do órgão ambiental competente, com pena prevista de um a seis meses de detenção.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.