Bonito, Mato Grosso do Sul - 27 de Janeiro de 2021
Meio Ambiente

Governo anuncia R$ 56 milhões para combate permanente de incêndios florestais em MS

O investimento em tecnologia reforça as missões de combate aos focos de calor, como as que ocorreram no ano passado no Pantanal e no Cerrado.

Ketlen da Silva
Em 04 de Janeiro de 2021 às 12h42
(Divulgação)

O governador Reinaldo Azambuja lançou o Plano Estadual de Combate a Incêndio Florestal, que vai reestruturar as forças operacionais de Mato Grosso do Sul visando a conservação e preservação dos recursos naturais do Estado e a vida das pessoas.

Serão investidos R$ 56,6 milhões de recursos próprios na compra de veículos e equipamentos, incluindo um avião Air Tractor, modelo norte-americano capacitado para combate de alta precisão a incêndios florestais, além de treinamento dos bombeiros. O investimento em tecnologia reforça as missões de combate aos focos de calor, como as que ocorreram no ano passado no Pantanal e no Cerrado.

O Plano de Trabalho de Combate a Incêndio Florestal, elaborado pela Semagro (secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, produção e Agricultura Familiar) e Sejusp (secretaria de Justiça e Segurança Pública) antecipa as estratégias e intensifica as ações de prevenção e controle, fundamentais para reduzir os danos ambientais e proteger as comunidades ribeirinhas.

Além de criar uma estrutura adequada para combater incêndios florestais de grandes proporções, o Estado desenvolve outras ações associadas ao plano, como a intensificação da fiscalização preventiva ao longo das estradas e linhões de energia e do monitoramento climático.

O plano de trabalho autorizado pelo governador Reinaldo Azambuja estima investimentos de R$ 56.629 milhões, em 2021, para criação de uma estrutura permanente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.