Bonito, Mato Grosso do Sul - 8 de Março de 2021
Meio Ambiente

Gado pisoteia área de mata ciliar em fazenda em Bonito

O gado acessava livremente à vegetação das áreas protegidas do curso d’água e o pisoteio estava causando degradações no solo e margens e contribuindo com o assoreamento do córrego.

Informações PMA MS
Em 08 de Fevereiro de 2021 às 08h59
Gado em APP em Bonito (MS). Foto: PMA

Policiais Militares Ambientais de Bonito (MS) autuaram no fim de semana um pecuarista, por degradações ambientais em área protegida em sua fazenda, localizada à margem da rodovia MS 382, a 30 km de Bonito.

Durante a vistoria foram verificadas degradações ambientais em áreas de matas ciliares de um córrego (Área de Preservação Permanente), que corta a fazenda.

O gado acessava livremente à vegetação das áreas protegidas do curso d’água e o pisoteio estava causando degradações no solo e margens e contribuindo com o assoreamento do córrego. O fazendeiro foi notificado a retirar o gado da área protegida.

O pecuarista (76), residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 5 mil. O autuado também poderá responder por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). A pena é de um a três anos de detenção.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.