Bonito, Mato Grosso do Sul - 14 de Maio de 2021
Meio Ambiente

Filhote de coruja é capturado em residência no centro de Bonito

A ave foi encaminhada aos veterinários do Aquário do Pantanal, em Bonito, que avaliarão se ela já consegue sobreviver sozinha na natureza.

Ketlen da Silva
Em 29 de Abril de 2021 às 15h50
(Divulgação)

A Polícia Militar Ambiental de Bonito capturou hoje (29) no final da manhã, em uma residência, um filhote de coruja buraqueira ( Athene cunicularia ). A proprietária da casa, localizada no centro da cidade, acionou a PMA afirmando que a coruja adentrou à sua residência e ela não viu nenhuma outra ave da espécie nas imediações.

Uma equipe foi ao local e com o uso de puçá efetuou a captura do animal, que ainda é um filhote, mas em estágio de aprendizado de voo e inicial de independência dos pais. A ave foi encaminhada aos veterinários do Aquário do Pantanal, em Bonito, que avaliarão se ela já consegue sobreviver sozinha na natureza, ou se haverá necessidade de encaminhamento ao centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande, para reintrodução futura.

A coruja-buraqueira é uma ave strigiforme da família Strigidae . Com o nome científico cunicularia (“pequeno mineiro”) recebe esse nome, pois vive em buracos cavados no solo. Costuma viver em campos, pastos, restingas, desertos, planícies, praias e aeroportos. Também é conhecida pelos nomes de caburé, caburé-de-cupim, caburé-do-campo, coruja-barata, coruja-do-campo, coruja-mineira, corujinha-buraqueira, corujinha-do-buraco, corujinha-do-campo, guedé, urucuera, urucuréia, urucuriá, coruja-cupinzeira (algumas cidades de Goiás) e capotinha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Meio Ambiente
VER TODAS EM MEIO AMBIENTE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.