Bonito, Mato Grosso do Sul - 20 de Fevereiro de 2020
Turismo

É preciso que haja consciência do produtor rural em atentar que a perda do solo degrada os rios e as nascentes, diz presidente do Imasul

O diretor-presidente do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Ricardo Eboli, concedeu entrevista na última quarta-feira (05) para o jornal A crítica.

Com informações A Critica
Em 06 de Junho de 2019 às 08h10
O Imasul esteve presente na audiência publica sobre a situação do turvamento das águas cristalinas do Rio da Prata de Bonito, e segundo ele, muitas propriedades rurais que tinham atividade de pecuária, migraram para a atividade de agricultura contribuindo para o que aconteceu.  “Nesse processo de migração, é retirado a cobertura do solo que é a pastagem e deixando por um período do ano o solo totalmente exposto, somado com chuvas de alta pluviosidade, é natural que este solo entre em processo erosivo atingindo os rios daquelas regiões. É preciso que haja consciência do produtor rural em atentar que a perda do solo degrada os rios e as nascentes, gerando um prejuízo tanto para conservação quanto para a produção”, explica. Veja a reportagem na íntegra: http://www.acritica.net/videos/produtores-rurais-devem-ter-consciencia-ambiental/1675/
Últimas notícias em Turismo
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.