Bonito, Mato Grosso do Sul - 1 de Julho de 2022
Turismo

Videolocadora de Bonito resiste à modernidade e exibe filmes mensalmente

Com empréstimos de DVDs por até R$ 5, o espaço ainda realiza impressões e assessoria para não fechar as portas e manter a sensação de nostalgia.

Com informações de Campo Grande News
Em 07 de Junho de 2022 às 16h46
(Arquivo Pessoal)

Com as plataformas de streaming em alta, a videolocadora Tai Cine e Café, mesmo depois de 20 anos e quatro proprietários, resiste firmemente. Em Bonito, o espaço realiza também outros serviços para se manter de portas abertas e continuar com a sua essência: os aluguéis de DVDs por R$ 5. São mais de 4 mil filmes no acervo em um lugar que a maioria não vê mais utilidade.

Evandro Ribeiro, de 26 anos, desconhece a existência de outro local do tipo ainda em Mato Grosso do Sul. A história dele com o espaço em Bonito é antiga. “Eu e minha esposa compramos aqui no fim de 2020, mas eu já vinha para cá quando era criança. Lembro de juntar dinheiro para locar os filmes e usar o cyber para fazer as tarefas da escola”, relembra.

Por gostar de colecionar filmes, o empresário continuou frequentando a locadora por muitos anos e já foi até funcionário. Ele detalha que trabalhou por quase um ano em 2018 e 2019, mas depois saiu da empresa e se dedicou a outros locais.

Pouco tempo depois, ele recebeu a notícia de que a antiga dona queria encerrar o atendimento e, em conjunto com sua esposa, decidiu que iria comprá-la e continuar com os serviços. “Renovamos tudo, agregamos os novos serviços e começamos a divulgar mais o empréstimo dos DVDs, porque muita gente não sabia como funcionava”, diz.

Atualmente, os empréstimos continuam como eram feitos no passado, onde o cliente paga uma taxa de R$ 3 para filmes mais antigos e R$ 5 para os mais recentes, leva o DVD para casa e precisa devolver em alguns dias, conforme definido pela loja.

Em comparação ao acervo inicial, o espaço destinado à locação precisou diminuir, mas o proprietário garante que os filmes ainda fazem sucesso. “Nós atingimos tanto pessoas da cidade quanto as que moram em fazenda. Começamos a fazer uma publicidade bem grande e não passam dois dias que pelo menos uma pessoa venha locar os filmes”, afirma. Além dos empréstimos, outro público que ajuda a manter a locadora ativa é composto por turistas. Segundo Evandro, muita gente que visita a cidade nem acredita que o lugar ainda existe, por isso até a locadora vira ponto especial para quem vem de fora.

Devido à cidade não possuir cinema, uma sala de exibição para 15 pessoas também foi instalada na locadora. Ele disse que não consegue realizar o funcionamento realmente como cinema, mas que alguns filmes do catálogo ou que são disponibilizados por streaming são exibidos mensalmente.

Mesmo com todos os diferenciais para chamar a atenção, a loja não consegue se estabelecer apenas com as locações e, sem querer perder a chance de manter os DVDs ativos, Evandro conta que o jeito foi agregar o máximo de serviços. “Nós ainda fazemos impressões, decoração impressa para bolo, algumas assessorias como agendamento de perícias, regularização do título de eleitor e assim vai”, disse. Questionado sobre a possibilidade de abandonar os DVDs, ele argumentou que isso está fora de questão, tanto por ser uma relíquia quanto pelo amor que sente pela loja.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.