Bonito, Mato Grosso do Sul - 7 de Julho de 2020
Turismo

Passeio de flutuação em Jardim (MS) celebra 25 anos de atividades

Fundado em 1995, o Recanto Ecológico Rio da Prata encanta por suas águas cristalinas e contato intenso com a natureza.

Carla Layane
Em 15 de Junho de 2020 às 16h00
Divulgação/ Foto: Marcio Cabral.

O Recanto Ecológico Rio da Prata, passeio de flutuação localizado em Jardim (MS), comemora 25 anos de história nesta segunda-feira, 15 de junho.

Fundado em 1995, o atrativo encanta por suas águas cristalinas e contato intenso com a natureza.

O passeio de flutuação, um dos mais procurados na região, inicia-se com uma caminhada pela mata ciliar dos Rios Olho d'Água e Prata. Esse momento é ideal para observar árvores centenárias, orquídeas e bromélias e é possível avistar diversas espécies de aves e muitos mamíferos como: quati, macaco prego, queixada, cotia, tamanduá, cateto. Após esse percurso, o visitante se depara com a nascente do Rio Olho D'Água, uma imensa piscina natural de águas cristalinas, local onde começa a flutuação.

Além do passeio de flutuação, o Recanto Ecológico Rio da Prata oferece atividades como mergulho com cilindro, passeio a cavalo, observação de aves e um almoço com pratos regionais.

Hoje, dia 15 de junho, comemoramos 25 anos de ecoturismo. Quando iniciamos nosso sonho era promover atividades ao ar livre tendo como prioridade a conservação ambiental, sempre com espírito de aventura, amor e respeito à natureza. Ao longo desses anos de muito aprendizado e evolução, nos tornamos o que somos hoje: um atrativo de ecoturismo premiado internacionalmente! Agradecemos aos nossos colaboradores, parceiros, clientes e amigos por estarem juntos conosco nesta caminhada. Desejamos dias melhores e que em breve esperamos vê-los novamente!” , revela Simone Spengler Coelho, diretora do atrativo.

Início

A história do passeio teve início em junho de 1995, quando recebeu os primeiros grupos de turistas. O objetivo inicial era criar um modelo de ecoturismo organizado, com foco em qualidade e segurança, que fosse viável economicamente e conciliasse desenvolvimento regional com conservação ambiental.

Proteção

Em 1999, foi criada a Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN Fazenda Cabeceira do Prata, uma categoria de Unidade de Conservação (UC) prevista no Sistema de Nacional de Unidade de Conservação (SNUC – Lei 9.985/2000), criada pela iniciativa do proprietário rural, ou seja, sem desapropriação de terra. No momento em que decide criar uma RPPN, o proprietário assume compromisso com a conservação da natureza, pois uma vez criada, tem caráter perpétuo. A área da RPPN engloba toda a mata ciliar do rio Olho d’Água, desde a sua nascente até o rio da Prata.

Reconhecimento

O Recanto Ecológico Rio da Prata, ao longo de sua trajetória e por sua responsabilidade socioambiental, recebeu importantes prêmios. Em 2019, recebeu o reconhecimento, junto com os outros atrativos do Grupo Rio da Prata, a Estância Mimosa Ecoturismo e a Lagoa Misteriosa, “Finalista do Prêmio 2019 Tourism for Tomorrow Awards”, realizado pelo WTTC (World Travel & Tourism Council), na categoria Destinations Stewardship Award, voltado para organizações líderes que ajudam no desenvolvimento sustentável do destino, beneficiando seus moradores e visitantes.

Também em 2019 conquistou o 3º Lugar no Prêmio Nacional do Turismo 2019, evento promovido pelo Ministério do Turismo em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT), na Iniciativas de Destaque – categoria Aproveitamento para o Patrimônio Natural para o Turismo; em 2018 conquistou o Prêmio ECO, promovido pela Amcham & Estadão, Com o trabalho “Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa: Gestão de atrativos de ecoturismo” e também conquistou a 8ª edição do Prêmio Braztoa na categoria Parceiros do Turismo, com a iniciativa “Na pegada da sustentabilidade: o modelo de gestão de ecoturismo do Recanto Ecológico Rio Da Prata e Lagoa Misteriosa (Jardim-MS)”, entre outras conquistas. ( Veja aqui ) . 

Sistema de Gestão de Segurança

Os atrativos do Grupo Rio da Prata implantaram em suas operações o Sistema de Gestão de Segurança (SGS), desenvolvido pelo Programa Aventura Segura da Associação Brasileira de Ecoturismo e Turismo de Aventura – ABETA e certificado pela ABNT Certificadora desde 2010. Através do SGS todos os funcionários participam de capacitações de primeiros socorros e simulados de acidentes a fim de garantir maior segurança para toda a equipe e visitantes. Em 2016, o Recanto Ecológico Rio da Prata foi o primeiro atrativo turístico do Brasil a receber a Certificação ISO 21101 (International Organization for Standardization), na modalidade caminhada e flutuação (snorkeling).

Compartilhando experiência

Em seus 25 anos de operação turística, visitantes compartilharam depoimentos sobre a experiência vivenciada no passeio também no TripAdvisor. Léo Simões Neto visitou o passeio em março deste ano e revelou: “ O local é simplesmente demais, e oferece todo o suporte necessário para que se posse desfrutar de um dia inesquecível. O almoço, diga-se de passagem, é delicioso! Em relação às belezas naturais, especialmente o Rio Olho D'água e sua flora e fauna, não há palavras para descrever quão lindo e perfeito é tudo aquilo!”.

Aluizio também visitou o passeio em março deste ano. " Minha expectativa foi superada em todos os sentidos! Funcionários atenciosos, guia do passeio com muito conhecimento da fauna e flora da região, organização e estrutura da fazenda simplesmente impecável. Sobre o passeio, de tirar o fôlego uma beleza rara! Inesquecível!"

Para mais informações, acesse: www.riodaprata.eco.br

.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.