Bonito, Mato Grosso do Sul - 22 de Fevereiro de 2020
Turismo

Passeio de flutuação em Jardim (MS) adquire barco movido a energia solar

Novo barco movido a energia solar, nomeado de Chalana do Prata II, possui capacidade para transportar 15 pessoas.

Carla Layane
Em 15 de Janeiro de 2020 às 15h15
Embarcação é ultra-silenciosa, não polui o ar e nem a água do rio pois não gera resíduos de combustível. Crédito: Divulgação/Grupo Rio da Prata.

O Recanto Ecológico Rio da Prata, passeio de trilha e flutuação em Jardim (MS), proporciona aos seus visitantes uma experiência de interação com a natureza, com critérios de segurança, conservação ambiental e desenvolvimento sustentável da região.

Seguindo suas diretrizes de sustentabilidade, o atrativo adquiriu em dezembro de 2019 novo barco movido a energia solar, nomeado de Chalana do Prata II, fabricado pela Levefort, modelo Safari 7.0 M, com capacidade para transportar 15 pessoas em poltronas confortáveis, proporcionando assim, melhor comodidade a todos que visitam o atrativo de ecoturismo, além de ter duas placas solares adaptadas para tocar o motor elétrico. O motor elétrico, além de ser ultra-silencioso, não polui o ar e nem a água do rio, pois não gera resíduos de combustível.

Para Teódison Gonçalves, gerente do Recanto Ecológico Rio da Prata, a aquisição do barco é uma inovação muito importante. “O novo barco é excelente. Não faz barulho, possui bancos confortáveis e o diferencial é que possui um sistema de carregamento que é solar, o que atende as nossas diretrizes de sustentabilidade. É ambientalmente correto” , revela.

O barco é uma opção de transporte para os visitantes nos últimos 600 metros do passeio de flutuação (no encontro do rio Olho d’Água e rio da Prata). Neste momento, é possível optar por descer o rio da Prata flutuando ou na embarcação. De acordo com Luiza Coelho, Diretora de Sustentabilidade do atrativo, o “ barco dá apoio aos visitantes e também proporciona uma experiência agradável no trecho final do passeio“ , diz.

A Estância Mimosa , passeio de trilha e cachoeiras em Bonito, que também integra o Grupo Rio da Prata, adquiriu em novembro passado a embarcação sustentável. Chamado de Biguá, o barco com as mesmas características do Chalana do Prata II, “concilia modernidade, tecnologia sustentável e vai de encontro com o que desejamos oferecer: uma experiência de integração na natureza com equipamentos modernos, seguros e com muito conforto para nossos visitantes”, acrescenta Thyago Sabino, gerente do passeio em Bonito.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.