Bonito, Mato Grosso do Sul - 28 de Janeiro de 2021
Turismo

MTur e Universidade Federal Fluminense firmam parceria para promoção do turismo rural

Parceria prevê execução do projeto Experiências do Brasil Rural que visa ampliar e diversificar a oferta turística brasileira.

Com informações de Ministério do Turismo
Em 04 de Janeiro de 2021 às 16h43
Floresta Amazônica. (Divulgação/MTur)

O Ministério do Turismo e a Universidade Federal Fluminense (UFF) firmaram uma parceria para o desenvolvimento do projeto “Experiências do Brasil Rural”, que tem o objetivo de ampliar e diversificar a oferta turística brasileira, por meio da inserção de produtos e serviços da agricultura familiar no mercado turístico, além de apoiar a formatação e posicionamento de produtos e roteiros turísticos de experiência no meio rural.

O MTur liberou R$ 1.200.000 à UFF para execução do projeto que está previsto no âmbito do Acordo de Cooperação Técnica, celebrado entre os ministérios do Turismo e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em setembro deste ano. O acordo faz parte de uma série de medidas realizadas pelo MTur para o fomento ao Turismo Rural, segmento considerado crucial na retomada da atividade turística no contexto pós-pandemia.

Para o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, William França, o desenvolvimento de ações de qualificação e promoção da produção familiar associada ao turismo consiste numa estratégia de inclusão social, geração de emprego e renda e ampliação de mercado de trabalho. “O projeto vai agregar valor aos produtos e serviços ofertados, gerando aumento de renda aos agricultores familiares e demais prestadores de serviços turísticos, ampliando a competitividade, qualificando e diversificando a oferta turística nacional”, ressaltou França.

O projeto "Experiências do Brasil Rural" busca fomentar e apoiar o desenvolvimento do turismo em áreas rurais, por meio de um trabalho focado nos produtos associados ao turismo que se encontrem dentro de rotas turísticas e pertençam a quatro cadeias produtivas: queijo, vinho, cerveja e frutos da Amazônia.

Seleção de roteiros

Os roteiros serão selecionados a partir de critérios técnicos a serem definidos de forma conjunta entre o MTur, o MAPA e a UFF. Serão consideradas as cadeias produtivas do queijo, do vinho, da cerveja e de frutos da Amazônia, contemplando a diversidade geográfica dos produtos e serviços turísticos.

Tais cadeias produtivas foram definidas pelo MTur e o MAPA a partir das políticas públicas e priorizações de ambas as pastas, no escopo do Acordo de Cooperação. Foram levados em consideração o potencial de desenvolvimento de atividades de turismo relacionadas às cadeias produtivas; sua distribuição territorial, visando abranger uma maior diversidade de regiões com o projeto; e a priorização de cadeias sensíveis, mais sujeitas à concorrência com produtos internacionais no mercado interno.

O foco de atuação do projeto se dará nos empreendimentos da agricultura familiar, que atuem na produção agrícola e pecuária, na agroindústria, no extrativismo, no artesanato e no turismo. Os demais empreendimentos dos roteiros também poderão ser beneficiados, desde que estejam diretamente relacionados às cadeias produtivas priorizadas.

Boletim

O Ministério do Turismo divulgou neste mês de dezembro o Boletim de Inteligência de Mercado no Turismo (BIMT) voltado ao Turismo Rural. O documento, que integra uma série de políticas públicas voltadas ao segmento neste ano, considerado o Ano Internacional do Agroturismo e Turismo Rural, instituído pela Organização Mundial do Turismo (OMT), apresenta rotas turísticas por todo o Brasil e informações que vão nortear ações futuras do poder público.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.