Bonito, Mato Grosso do Sul - 20 de Setembro de 2021
Turismo

Encantos da Lagoa Misteriosa são destaques no G1

Escadaria submersa, progundidade desconhecida e águas cristalinas atraem visitantes de diversas regiões para conhecer as belezas do atrativo em Jradim (MS).

Com informações G1 MS - Carla Layane
Em 02 de Setembro de 2021 às 09h19
Vista externa da Lagoa Misteriosa, passeio de flutuação e mergulho em Jardim (MS). Foto: Go MartIns

Os mistérios e as belezas naturais da Lagoa Misteriosa, passeio de ecoturismo em Jardim (MS), são destaques na edição desta quinta-feira, 02 de setembro, no portal G1 MS.

Com o título “Conheça os ‘mistérios’ da 7ª caverna inundada mais profunda do Brasil que passa dos 220 metros de coluna d’água”, o texto, de autoria do jornalista Flávio Dias ressalta a transparência das águas cristalinas, profundidade desconhecida, a existência de peixes no local, assim como a escadaria submersa, ponto ideal para fotos e que atraem visitantes de diversas regiões para garantir o registro.

“A escada que dá acesso à Lagoa Misteriosa se transformou em palco obrigatório para fotos e vídeos de quem mergulha ou simplesmente visita o atrativo, a ponto de já ser conhecida como a “escada mais famosa” do estado”, revela Flávio.

Existem duas espécies de peixes na Lagoa Misteriosa, o lambari e o muçum e a dúvida que paira no ar é “como foram parar no local?”.

Segundo a reportagem, o instrutor de mergulho João Gomes explica teorias ditas por professores que realizaram pesquisas no atrativo.

“A primeira, é que ovos desses peixes poderiam ficar grudados nos pés da ave Martin Pescador que foi até em um rio nas proximidades e quando retornou ao lago, esses [ovos] eclodiram gerando novos peixes que se habituaram nas águas da caverna inundada”.

“Outra teoria, é que a mesma ave teria engolido peixes dessas espécies e os ovos conseguiram resistir passando pelo sistema digestivo e na lagoa, essas aves ao defecar, em contato com a água, esses ovos se eclodiram gerando novos peixinhos: “Um professor especialista em peixe disse que há uma grande possibilidade nessa segunda teoria, porque os ovos conseguem sobreviver em ambiente ácido que é o intestino do pássaro até ser liberado em outro ponto, no caso, na água da lagoa”, explicou ao G1.

Leia aqui a matéria na íntegra !

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
Em 17 de Setembro de às 13h34
Quem se vacinou com Coronavac ou ainda não foi imunizado pode apresentar um teste negativo ou comprovante de que se recuperou de Covid para entrar no país.
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.