Bonito, Mato Grosso do Sul - 7 de Julho de 2020
Turismo

De cassinos a parques temáticos, atrações estão sendo reabertas nos Estados Unidos

Turismo no país tem retorno gradual com medidas de seguranças sanitária garantidas pelas autoridades locais.

Com informações de O Globo
Em 29 de Maio de 2020 às 12h35

Aos poucos, os portões de algumas atrações turísticas nos Estados Unidos vão sendo reabertos. De costa a costa, parques temáticos, áreas de preservação natural e até cassinos já voltaram a receber visitantes, ou já anunciaram data para retomar as atividades.

A reabertura dessas áreas, em muitos casos, têm gerado críticas já que o País acaba de ultrapassar a marca de cem mil mortos por Covid-19. Autoridades locais, no entanto, garantem que as medidas de segurança sanitária são suficientes.

Diversão na Flórida

O Magic Kingdom e o Animal Kingdom, dois parques do Walt Disney World na Flórida, devem voltar a receber visitantes em 11 de julho, caso recebam autorização das autoridades locais. No dia 15, seria a vez do Epcot e do Hollywood Studios. O plano de reabertura foi anunciado na última quarta-feira, com uma lista de novas medidas de higiene e segurança a serem adotadas.

Entre elas estão a diminuição da capacidade dos parques, o reforço nos procedimentos de limpeza e o distanciamento entre as pessoas, além do uso de máscaras, na mesma linha do que foi adotado na reabertura da Disneyland de Xangai.

Bem antes disso, porém, acontecerá a reabertura do Universal Orlando Resort. Em 1º de junho, os parques Universal Studios Florida, Islands of Adventure e Volcano Bay serão reabertos, para testes, apenas para funcionários. No dia 5 será a vez de liberar a entrada para o público geral.

Já o Kennedy Space Center, em Cabo Canaveral, retomou suas atividades turísticas na quinta-feira (28). A atração também estabeleceu uma série de normas de segurança para evitar o alastramento do novo coronavírus, como redução de capacidade, maiores distancias entre frequentadores e medição de temperatura corporal.

Marcas registradas dos Estados Unidos, os parques nacionais foram fechados em março, quando a epidemia do novo coronavírus no país explodiu. Mas, aos poucos, alguns começam a receber de volta os visitantes. Entre os mais conhecidos do país, o Grand Canyon National Park é um deles. Há duas semanas, um dos acessos do parque, o South Rim, no estado do Arizona, foi reaberto, com horário de visitação reduzido. Outras áreas do parque permanecem fechadas, sem previsão de reabertura.

Caso semelhante é o do Yellowstone. O parque se espalha por três estados, Montana, Idaho e Wyoming. Apenas a área neste último foi reaberta à visitação. Trilhas, mirantes e banheiros estão abertos, mas as áreas para acampamento e restaurantes, não.

Apostas em Las Vegas

No dia 04 de junho, a Strip voltará a brilhar. É o que prometem os cassinos de Las Vegas, que serão reabertos nesta data. Alguns dos grandes hotéis-cassinos da cidade, como Caesars Palace, Bellagio, MGM Grand e Wynn Resorts, reabrirão nesta primeira fase.

A reabertura acontecerá com diversas restrições e adaptações, é claro. A medição de temperatura será obrigatória, mas o uso da máscara não - apesar de os estabelecimentos estarem sendo orientados a fornecer a proteção facial a todos. Máquinas e mesas serão bloqueadas, para aumentar a distância entre as pessoas, e o uso de álcool em gel será obrigatório para quem estiver nas mesas de jogos de cartas e dados, por exemplo. Também haverá um grande esforço das equipes dos hotéis e de agentes públicos para evitar aglomerações.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.