Bonito, Mato Grosso do Sul - 15 de Abril de 2021
Turismo

Chile, Peru e Bolívia restringem entrada de viajantes

Chile fechou as fronteiras, Peru proibiu voos, e Bolívia não aceita pessoas vindas do Brasil. A Argentina já havia restringido a entrada de viajantes no fim de março.

Com informações de G1
Em 01 de Abril de 2021 às 15h50

Para tentar combater o surto de coronavírus, Peru, Chile e Bolívia anunciaram medidas de fechamento de fronteiras ou suspensão de voos nesta quinta-feira (1º).

Os países enfrentam altas no número de contágios. Cada um adotou medidas específicas. O Chile fechou todas as suas fronteiras. Já a Bolívia proibiu apenas a entrada de pessoas do Brasil. O Peru suspendeu voos do Brasil, Reino Unido e África do Sul.

Fronteiras fechadas no Chile

O Chile decidiu fechar suas fronteiras a partir do dia 5 de abril, informou nesta quinta-feira (1º) o porta-voz do governo Jaime Bellolio.

A princípio, a medida terá validade de um mês, e valerá tanto para cidadãos chilenos como para estrangeiros.

Haverá exceções para situações específicas que serão analisadas pelas autoridades.

Os caminhões que que atravessam as fronteiras terrestres para abastecer o país terão autorização, mas os motoristas precisarão apresentar um teste de PCR negativo feito nas 72 horas anteriores à entrada no Chile. 

Voos suspensos no Peru

O Peru prorrogou até 15 de abril a suspensão dos voos do Brasil, Reino Unido e África do Sul para tentar evitar a entrada de novas variantes do coronavírus. O país enfrenta uma segunda onda da pandemia, informou o governo nesta quinta-feira.

"Dado que a situação epidemiológica da Covid-19 está em desenvolvimento com a confirmação de uma variante do Sars-Cov-2, se faz necessário manter a suspensão dos voos de passageiros do Reino Unido, África do Sul e Brasil de 1º a 15 de abril", afirma decreto publicado no Diário Oficial.

O Peru restringiu os voos do Reino Unido e da África do Sul em meados de dezembro, e do Brasil a partir de 26 de janeiro, devido às novas variantes mais contagiosas do coronavírus que surgiram nesses países.

A suspensão expirou em 31 de março, e o governo avalia a cada 15 dias se a suspende ou mantém, dependendo da evolução da pandemia.

Bolívia fecha fronteira com o Brasil

O presidente da Bolívia, Luis Arce, anunciou pelo Twitter que as fronteiras com o Brasil serão fechadas por sete dias. A expectativa é que isso aconteça a partir da 0h desta sexta-feira (2) e que uma espécie de lockdown seja feito nas cidades fronteiriças.

O objetivo das medidas bolivianas é prevenir a entrada da variante brasileira P.1 no país.

Argentina sem voos, Uruguai proibiu brasileiros

Na Argentina, os voos que fazem ligação com Brasil, Chile e México estão suspensos desde o último dia 27. A medida vale por tempo indeterminado.

O Uruguai fechou a fronteira com o Brasil, mas abrem exceções para cidadãos uruguaios, estrangeiros residentes, parentes de uruguaios ou que esteja em missão humanitária ou por conta de reunião familiar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
Em 13 de Abril de às 16h21
Primeiro-ministro do país anunciou a suspensão, sem previsão de data para terminar. Profissionais de saúde e políticos de oposição fizeram pressão para que o governo adotasse a medida.
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.