Bonito, Mato Grosso do Sul - 22 de Junho de 2021
Turismo

Bonito irá receber programa inédito no país voltado ao turismo de longa permanência

Viva Mais Bonito visa incentivar nova tendência de comportamento por meio de um passaporte com condições especiais nos atrativos, hotéis e comércio local.

Com informações de assessoria
Em 09 de Junho de 2021 às 16h36
Flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata, em Jardim/MS. (Grupo Rio da Prata)

O Sebrae, em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio e o trade turístico local de Bonito, realiza nesta sexta-feira (11), às 10h00, o pré-lançamento do programa Viva Mais Bonito. A iniciativa, inédita no Brasil, visa incentivar o turismo de longa permanência de nômades digitais e trabalhadores remotos em Bonito, um dos principais destinos de ecoturismo do País e do mundo.

O pré-lançamento será transmitido em uma live no canal do Sebrae/MS no Youtube. O evento terá a participação do presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/MS, Jaime Verruck; do diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça; do prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues; do presidente do Conselho Municipal de Turismo de Bonito (Comtur), Gabriel Calderon Maciel; e de um turista nômade convidado, Neo Ávilla, que falará de sua experiência.

O turista com o perfil de "nômade digital" ou trabalhador remoto é aquele que trabalha on-line e que permanece mais tempo que um turista comum nos destinos, vivenciando o local quase como um residente. Geralmente, são pessoas que podem trabalhar de qualquer lugar, devido ao home office – tendência que foi acelerada com a pandemia. Desta forma, pela estadia maior, é um viajante que gasta mais na região do que o turista tradicional, consumindo não só produtos turísticos, mas também valorizando os pequenos negócios de vizinhança.

Na visão do diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, Bonito é um destino que busca estar na vanguarda das tendências para o turismo. Neste sentido, o programa Viva Mais Bonito irá posicionar o destino ofertando um serviço diferenciado para este tipo de turista.

“Queremos que Bonito seja o destino pioneiro no Brasil em se autodeclarar ideal para nômades digitais e trabalhadores remotos, por meio de vantagens e organização do trade turístico para recebê-los. Hoje, a permanência média em Bonito é de três a quatro dias, e com o programa, nossa expectativa é ampliar a estadia deste público para 30 dias”, destacou Mendonça.

Programa Viva Mais Bonito

O programa Viva Mais Bonito prevê a criação do passaporte Byovisa, que será entregue ao turista nômade, permitindo o acesso a uma série de benefícios, como desconto na rede hoteleira e atrativos turísticos.

Para o destino, algumas das vantagens competitivas que a iniciativa trará será o protagonismo em um tema global; a projeção como um destino inovador; a atração de um novo perfil de turista; a redução da sazonalidade e a dinamização na oferta turística, além da aceleração de investimentos em infraestrutura.

Todas as informações sobre descontos e parceiros ficarão disponíveis em um portal do programa Viva Mais Bonito, que será divulgado no pré-lançamento da iniciativa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Em 22 de Junho de 2021 às 07h48
A solicitação feita por meio de indicação destaca que a instituição está desativada há mais de um ano e as obras ainda não foram iniciadas.
Em 22 de Junho de 2021 às 08h39
Com a nova remessa, passam a ficar asseguradas entregas semanais da vacina Astrazeneca/Oxford contra a Covid-19 até 16 de julho.
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.