Bonito, Mato Grosso do Sul - 24 de Outubro de 2021
Turismo

Argentina anuncia abertura das fronteiras para brasileiros em outubro

A partir do dia 1º de outubro, o país deixará de exigir o uso de máscaras em espaços abertos sem aglomeração de pessoas.

Com informações de FDR
Em 22 de Setembro de 2021 às 14h27

Na última segunda-feira (21), o governo argentino anunciou a abertura das fronteiras para os brasileiros e outros países vizinhos. A medida passará a valer a partir do dia 1º de outubro, e faz parte das novas medidas contra a Covid-19.

A Argentina passará a aceitar os turistas brasileiros a partir de outubro. Além disso, a abertura das fronteiras será também para os outros países vizinhos. A partir do dia 1º de outubro, o país deixará de exigir o uso de máscaras em espaços abertos sem aglomeração de pessoas.

Os anúncios foram realizados pela ministra da Saúde, Carla Vizotti, e faz parte das novas medidas de flexibilização de regras sanitárias. Segundo Vizotti, as novas medidas estão sendo adotadas devido ao avanço da vacinação e na queda na média de contágios diários.

“Temos 16 semanas consecutivas de queda nos casos. Do ponto de vista sanitário estamos num momento realmente muito positivo”, declarou a ministra. Por esse motivo, a decisão da abertura das fronteiras ocorre no momento considerado propício.

A partir da próxima sexta-feira (24), os argentinos, residentes e estrangeiros com autorização de trabalho, poderão entrar no país sem precisar fazer o isolamento. Porém, para os turistas de países vizinhos será necessário passar por corredores sanitários.

A abertura dos corredores sanitários dependerá da regulamentação pelas autoridades sanitárias locais. Dessa maneira, deve ser estabelecidas cotas para a entrada dos viajantes. Essas cotas serão ampliadas, progressivamente, entre durante o mês de outubro.

Sendo assim, a estimativa é que a partir do dia 1º de novembro, os aeroportos e portos devem ter a abertura das fronteiras para os demais estrangeiros. Em todos os casos será necessário comprovar esquema de vacinação contra Covid-19 completo há 14 dias e ter testado negativo para a doença antes do embarque.

Além disso, ao chegar ao país será preciso fazer um novo teste do tipo PCR entre o quinto e sétimo dias de estadia, se for o caso. Aqueles que não tiverem completado a sequência vacinal ou não tenham recebido nenhuma dose poderão entrar na Argentina.

Porém, nesses casos será exigida a realização de quarentena, do teste antígenos ao ingressar no país e de teste PCR ao sétimo dia de estadia. É esperada uma abertura ainda maior das fronteiras, após a vacinação chegar a 50% da população.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
Em 23 de Outubro de às 08h00
Os terminais de Goiânia (GO), Palmas (TO), São Luís (MA), Imperatriz (MA), Teresina (PI) e Petrolina (PE), hoje administrados pela Infraero, serão geridos pelo grupo CCR.
Em 21 de Outubro de às 16h55
As vacinas contra Covid-19 aceitas são Janssen, Pfizer, Moderna, AstraZeneca (Covishield ou Vaxzevria), Sinopharm e Sinovac (CoronaVac).
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.