Bonito, Mato Grosso do Sul - 20 de Setembro de 2021
Turismo

Agepan alinha ações com Fundtur e trade para melhoria do transporte turístico em MS

O ObservaTur está realizando uma pesquisa para identificar os meios utilizados nas viagens dentro do Estado e a percepção dos usuários sobre esse serviço.

Com informações de Governo de MS
Em 13 de Setembro de 2021 às 14h49
(DIvulgação)

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan), em parceria com o Observatório do Turismo de Mato Grosso do Sul (ObservaTur-MS/Fundtur) e com gestores e trade do setor, está realizando um levantamento sobre o atual cenário, gargalos e demandas do transporte turístico no Estado para a composição do novo sistema intermunicipal que atenda adequadamente o viajante.

Com o Observatório, uma pesquisa está sendo realizada para identificar os meios utilizados nas viagens dentro do Estado e a percepção dos usuários sobre esse serviço. A coleta de dados é feita por meio de uma pesquisa on line. Clique aqui para participar.

A Agepan também deu início ao alinhamento com gestores públicos e o trade turístico, para informar sobre os estudos em andamento e convidar o setor a contribuir com as informações de que dispõe.

O diretor-presidente da Agência, Carlos Alberto de Assis, recebeu representantes da região de Bonito, em reunião que discutiu a realidade do transporte turístico, problemas existentes e oportunidades de soluções. “Precisamos de informação e queremos ouvir quem lida diretamente com o serviço. Vamos estudar juntos, com dados técnicos, mapear e definir o melhor modelo, que seja bom para o turista, para os agentes e para o Mato Grosso do Sul como um todo”, assegurou Carlos Alberto.

Pesquisa

As informações sobre o segmento turístico ajudarão na construção do Plano Diretor de Transporte Coletivo Rodoviário de Passageiros (PDTC/MS), que o Governo do Estado está elaborando, sob coordenação da Secretaria de Infraestrutura, Escritório de Parcerias Estratégicas e a Agepan.

Quem viaja entre municípios do Estado pode contribuir participando da pesquisa realizada em parceria entre a Agência e o ObservaTur. A participação é voluntária e muito importante. O tempo de resposta varia entre um e dois minutos.

O Observatório já desenvolve regularmente ações para monitorar o desempenho do turismo em Mato Grosso do Sul, por meio de pesquisas, estudos, e a divulgação de indicadores. Com a parceria, foi lançada uma nova pesquisa, incluindo questões que servirão à proposta do PDTC.

De acordo com o diretor de Transportes, Matias Gonsales Soares, a intenção é consultar tanto os viajantes internos (hoje em torno 55% do total), quanto quem vem de outros estados e países (45%). Na pesquisa, o viajante irá responder sobre a motivação da viagem, o meio que costuma utilizar, a região turística que habitualmente visita, a frequência.

Entre aqueles que utilizam o ônibus intermunicipal, o questionário vai levantar os diferentes graus de satisfação, incluindo conforto, pontualidade, disponibilidade de horários, atendimento dos funcionários das empresas e também o preço.

“Sabemos que, em razão da pandemia, até aumentou o número de pessoas que estão preferindo utilizar veículo próprio ou locado. O mapeamento vai nos ajudar a entender como o sistema de transporte público pode melhorar para atender a real necessidade desse nicho, com linhas específicas, trajeto direto, integração com transfer particular e outros pontos que são específicos do transporte turístico”, explica o diretor Matias.

A pesquisa ficará disponível até o dia 29 de setembro. Participe!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Turismo
Em 17 de Setembro de às 13h34
Quem se vacinou com Coronavac ou ainda não foi imunizado pode apresentar um teste negativo ou comprovante de que se recuperou de Covid para entrar no país.
VER TODAS EM TURISMO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.