Bonito, Mato Grosso do Sul - 31 de Julho de 2021
Educação

Deputado solicita aceleração de obras em escola de Bodoquena (MS)

A solicitação feita por meio de indicação destaca que a instituição está desativada há mais de um ano e as obras ainda não foram iniciadas.

Informações assessoria de imprensa
Em 22 de Junho de 2021 às 07h48

Com a vacinação cada dia mais avançada em Mato Grosso do Sul, a volta às aulas é uma possibilidade esperada por alunos e professores. E em Bodoquena, o deputado Neno Razuk (PTB) pediu ao Governo do Estado e a SED (Secretaria de Estado de Educação) que sejam aceleradas as obras das reformas estruturais na Escola Estadual João Pedro Pedrossian.

A solicitação feita por meio de indicação destaca que a instituição está desativada há mais de um ano e as obras ainda não foram iniciadas. 

Neno ressalta que os esclarecimentos sobre a obra devem ser feitos à comunidade escolar, que anseia por respostas. “A Escola José Pedro Pedrossian é uma referência em Bodoquena e solicitei via ALEMS à SED informação sobre a obra, pois além de ser um dos principais estabelecimentos de ensino da região, a instituição é a primeira escola do município. Sabemos das dificuldades que o Estado vem enfrentando devido a pandemia de Covid-19, mas a informação quanto ao início das obras irá auxiliar a comunidade escolar em prazos e cronogramas de ensino”, ressaltou o parlamentar sobre a espera por esclarecimentos.

O pedido foi levado até o gabinete pelo vereador Professor Alziro (PTB). Ele lembrou que a escola foi desativada para realização das obras e que os alunos foram remanejados para outra instituição do Estado, mas desde o fechamento ainda não há um cronograma informando o início das reformas no local.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Educação
VER TODAS EM EDUCAÇÃO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.