Bonito, Mato Grosso do Sul - 30 de Maio de 2020
Educação

Aulas da rede estadual de ensino em MS seguem suspensas até 30 de junho

Cerca de 210 mil estudantes matriculados nas 345 unidades escolares da REE seguirão com as aulas remotas a partir da próxima terça-feira (19.05).

Informações Governo MS
Em 15 de Maio de 2020 às 09h50
Divulgação Governo MS/ Foto: Saul Schramm.

O Governo do de Mato Grosso do Sul ampliou para 30 de junho a suspensão das atividades presenciais na Rede Estadual de ensino (REE), conforme decreto publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (15.05).

Com isso, os 210 mil estudantes matriculados nas 345 unidades escolares da REE seguirão com as aulas remotas a partir da próxima terça-feira (19.05), quando se encerra o Recesso Escolar, iniciado no dia 04 de maio.

A publicação, presente nas páginas 19 e 20 do DOE, também orienta redes municipais e entidades privadas de Educação Básica para a adoção da medida, que visa o combate ao avanço da Covid-19 em Mato Grosso do Sul, doença causada pelo novo coronavírus. Iniciada no dia 23 de março, a suspensão das atividades presenciais resultou na implementação das aulas remotas vinculantes em toda a Rede Estadual, realizadas por meio de aplicativos e ferramentas digitais para a distribuição dos materiais de estudo.

Com o novo decreto, as escolas da REE seguirão com o funcionamento em escalas e a manutenção de atividades essenciais, como a distribuição dos materiais impressos para os estudantes que não possuem conectividade e dos kits de alimentação escolar, entregues aos alunos e familiares desde o final de abril, em todo o Estado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Educação
VER TODAS EM EDUCAÇÃO
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.