Bonito, Mato Grosso do Sul - 3 de Julho de 2020
Geral

Paraíso é delicado e precisa ser mantido, diz Fernando Gabeira sobre os rios de Bonito e Jardim

O Recanto Ecológico Rio da Prata, passeio de trilha e flutuação em Jardim (MS), recebeu no dia 17 de janeiro a visita do escritor, jornalista e ex-deputado federal, Fernando Gabeira.

Carla Layane
Em 22 de Janeiro de 2019 às 07h59
Fernando Gabeira e Mano, gerente do Recanto Ecológico Rio da Prata
O atrativo foi cenário para gravações para o programa "Fernando Gabeira", exibido na Globo News aos domingos, às 17h30 (horário de Brasília). Defensor da natureza, Gabeira compartilhou um depoimento sobre a importância da preservação dos rios da região. Em novembro de 2018, os mesmos ficaram turvos, devido às fortes chuvas que levaram barro e sedimentos de lavouras irregulares para seu leito. "Passear por aqui é um pouco parecido a sensação de paraíso. Porém o paraíso é bastante delicado e precisa ser mantido. Sabemos que a região passa por transformações e nós temos que tomar cuidado para que essas transformações não façam com que esses passeios não existam mais, que a água não seja mais cristalina, não vejamos mais peixes e talvez nem os peixes mais existam. Vamos trabalhar para que esse paraíso fique de pé", disse. Acompanhado por Miguel Milano (Engenheiro Florestal e Dr. em Ciências Florestais), por Vivian (Bióloga e pesquisadora de cavernas e rios subterrâneos) e também por seu assistente, Fernando Gabeira conheceu a nascente do rio Olho D'Água, o deque de pedra, os projetos ambientais desenvolvidos no passeio e, para finalizar, realizou um plantio de Manduvi no atrativo.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Geral
VER TODAS EM GERAL
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.