Bonito, Mato Grosso do Sul - 27 de Maio de 2020
Política

Crimes ambientais serão amenizados no Brasil

Reportagem do Portal O Eco fala sobre as alterações realizadas pelo presidente Jair Bolsonaro na legislação que trata sobre crimes ambientais no Brasil.

Informações O Eco
Em 23 de Abril de 2019 às 10h58
(Divulgação-PMA)
São elas a criação de “núcleos de conciliação” para apurar a aplicação de multas ambientais e modificação do programa de conversão de multas em projetos de restauração florestal. Segundo a jornalista Cristiane Prizibisczki, atualmente, se um fazendeiro cometeu alguma infração ambiental, ele já pode recorrer administrativamente no Ibama e, caso perca, em outras quatro instâncias na Justiça. Com o novo decreto, o infrator ambiental ganhou mais uma facilidade: ele pode optar pela conciliação. Ao ser lavrado o auto de infração, o autuado será notificado a comparecer a uma audiência. Isso caso ele queira comparecer pessoalmente, já que o decreto prevê a conciliação até por meio eletrônico. Leia a reportagem na íntegra: https://www.oeco.org.br/reportagens/governo-institui-anistia-previa-a-criminosos-ambientais/
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Política
Em 11 de Maio de às 10h31
Caso não cumpram as recomendações sobre a quarentena, os colaboradores podem vir sofrer penalidades.
Em 28 de Abril de às 08h29
O país tem 66.501 casos confirmados e registrou, até a manhã desta terça-feira, 4.543 óbitos.
VER TODAS EM POLÍTICA
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.