Bonito, Mato Grosso do Sul - 25 de Fevereiro de 2020
Geral

Campo Grande sedia 7ª Conferência Internacional sobre Incidentes Florestais no Brasil

O evento já aconteceu nos EUA, Canadá, Austrália, Espanha, África do Sul, Coreia do Sul e escolheu o Brasil como sede do encontro deste ano.

Com informações de El País Brasil - Ketlen da Silva
Em 22 de Agosto de 2019 às 15h01
O evento tem como objetivo uma troca de oportunidades entre os profissionais de todas as nacionalidades ligadas ao manejo do fogo e ao controle de incêndios florestais. (Divulgação)

Em 2019, do dia 28 de outubro a 01 de novembro será realizada a “International Wildland Fire Conference” (IWFC) em Campo Grande. Os objetivos principais do evento são uma troca de oportunidades entre os profissionais de todas as nacionalidades ligadas ao manejo do fogo e ao controle de incêndios florestais.

O tema deste ano é “Enfrentando o Fogo em um Mundo em Mudança: Reduzindo a Vulnerabilidade de Pessoas e Paisagens pelo Manejo Integrado do Fogo” e a Conferência promove a cooperação internacional e a ajuda humanitária, consolidando a estratégia global de gestão de incêndios. O evento também abre espaço para empresas, instituições de pesquisa e especialistas exporem novas tecnologias, produtos e métodos para o manejo de incêndios e o controle de incêndios florestais.

Os participantes são gerentes, autoridades, técnicos, pesquisadores, brigadas e bombeiros e entre as atividades propostas estão o debate e a disseminação do trabalho sobre os impactos do fogo nas comunidades e ecossistemas em várias regiões do mundo.

As inscrições para os cinco dias da conferência devem ser realizadas até o dia 19 de setembro pela internet https://www.ibama.gov.br/wildfire2019-inscricao. O investimento é de R$350,00.  

Amazônia

A reunião também é de suma importância para entender qual o tamanho do impacto que os incêndios florestais estão causando no Brasil. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), os incêndios florestais aumentaram 83% com relação ao mesmo período de 2018.

O Inpe informou que desde o dia 15 de agosto, as imagens por satélite detectaram 9.507 novos incêndios florestais, principalmente na bacia do Amazonas, onde na última segunda-feira (19), os paulistas viram o céu escurecer às 15:00 por conta da fuligem oriunda dos incêndios que estão ocorrendo na região norte e centro-oeste do país. Em Mato Grosso, por exemplo, os incêndios aumentaram 205% e prejudicam o agronegócio, importante fonte de renda do Estado.

O fogo está avançando inclusive em áreas de proteção ambiental. Só nesta semana foram registrados 68 incêndios em territórios indígenas e zonas de conservação. Os incêndios florestais são comuns na estação seca, mas também são provocados deliberadamente por agricultores que queimam ilegalmente terras para a criação de gado.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Geral
Em 24 de Fevereiro de às 13h07
O intuito da plataforma é utilizar as gravações para melhorar sua tecnologia de reconhecimento de fala.
Em 20 de Fevereiro de às 14h33
O prazo de entrega da declaração começará às 08h de 2 de março e irá até as 23h59min59s de 30 de abril.
Em 20 de Fevereiro de às 10h43
Uma revisão da decisão está prevista para daqui um ano. O casal e o filho Archie estão morando no Canadá e irão para a Inglaterra nas próximas semanas para compromissos. 
VER TODAS EM GERAL
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.