Bonito, Mato Grosso do Sul - 12 de Agosto de 2020
Saúde

MS contabiliza mais de 16 mil pessoas recuperadas da covid-19

Dos 22.443 casos confirmados, 4.697 estão em isolamento domiciliar, 16.970 estão sem sintomas e já estão recuperados.

Carla Layane
Em 28 de Julho de 2020 às 11h05
Divulgação/SES.

Com mais 641 exames positivos para o novo coronavírus (Covid-19) nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 22.443. As informações foram apresentadas nesta terça-feira (28).

Dos 22.443 casos confirmados,4.697 estão em isolamento domiciliar, 16.970 estão sem sintomas e já estão recuperados e 448 estão internados, sendo 287 em hospitais públicos e 167 em hospitais privados. 6 pacientes internados são procedentes de fora do Estado.

Foram registrados nove óbitos, passando para 328 mortes pela doença em Mato Grosso do Sul.

Desde o dia 25 de fevereiro, oram registradas 108.822 notificações de casos suspeitos da coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 79.613 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19, 2.73 exames aguardam resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e 4.093 casos foram notificados e não foram encerrados pelos municípios.

Os dados publicados desde 19 de maio têm como fonte de dados o sistema de informações oficiais Sivep Gripe e E-SUS VE, alimentado pelos municípios. Eles estão sujeitos a alterações.

Os casos suspeitos em investigação tiveram as amostras encaminhadas para o Lacen, onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e coronavírus. O laboratório realiza os exames para Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Os resultados ficam prontos entre 24 a 72 horas, após o recebimento das amostras.

A Secretaria de Estado de Saúde publica o boletim epidemiológico referente às notificações de casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) diariamente. As informações divulgadas pela Secretaria são os dados oficiais consolidados do Estado que são repassados ao Ministério da Saúde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Saúde
Em 11 de Agosto de às 16h46
Tempo mínimo entre a primeira dose e o reforço deve ser de 4 semanas. Órgão também ampliou a idade máxima dos participantes da pesquisa de 55 para 69 anos.
Em 11 de Agosto de às 08h37
Ministro interino da saúde resalta ainda que, independentemente da medida que se tome, tem que estar aliada à capacidade de triar e procurar se as pessoas estão ou não com sintomas.
VER TODAS EM SAÚDE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.