Bonito, Mato Grosso do Sul - 4 de Dezembro de 2020
Saúde

Ministério da Saúde anuncia a distribuição da vacina contra Covid-19 para população

A informação do ministro Eduardo Pazuello agradou o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, porque garante um tratamento igualitário a todos os brasileiros.

Informações Governo MS
Em 21 de Outubro de 2020 às 07h48
Divulgação.

O Ministério da Saúde assumiu na última terça-feira (20) a responsabilidade de coordenar, adquirir e distribuir as doses para imunizar a população por meio do SUS (Sistema Único de Saúde). A informação do ministro Eduardo Pazuello agradou o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, porque garante um tratamento igualitário a todos os brasileiros.

É uma sábia decisão, ministro, trabalhando como Federação e o Ministério assumindo essa questão, acho que a gente tem a segurança de que vai chegar às 27 Unidades da Federação. É algo extremamente importante. Existia uma dúvida de como seria o encaminhamento. Parabéns para o senhor e para a sua equipe! Agora é torcer para o registro e validação dessas vacinas e que tenham bom resultado para salvar as vidas do povo brasileiro” , disse Reinaldo Azambuja.

O ministro da Saúde afirmou que o governo federal não quer fazer uma vacinação obrigatória, mas um grande plano de imunização nacional, com campanhas de conscientização à população. Pazuello participou de uma videoconferência com governadores e com representantes das empresas que estão à frente das pesquisas e testes sobre as vacinas, como a Fiocruz e o Butantan.

A Fiocruz apresentou alguns dados sobre a vacina Oxford da Astrazeneca. O valor da dose será de US$ 3,16, uma das mais baratas em estudo, segundo a empresa. E a previsão é de entrega de 210,4 milhões de doses em 2021. Participam dos testes 57 mil voluntários de sete países.

Ainda de acordo com a Fiocruz, há a garantia de produção nacional com transferência total de tecnologia e a previsão de entrega das primeiras 30 milhões de doses, com produção 100% nacional, é fevereiro de 2021.

Já o presidente do Butantan, Dimas Covas, afirmou que há um acordo para fornecer 46 milhões de doses da Coronavac para o Brasil, sendo 6 milhões vindos da China e 40 milhões produzidos pelo Instituto, e que há possibilidade de aumento de produção.

O secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, também participou da videoconferência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Saúde
Em 02 de Dezembro de às 16h33
Anúncio foi feito pelo ministro da Saúde britânico, Matt Hancock. Plano de vacinação brasileiro não prevê uso de imunizantes que exijam baixíssimas temperaturas de armazenamento, como é o caso do da Pfizer.
Em 01 de Dezembro de às 16h43
O Brasil é um dos países que têm acordo para receber doses e produzir a Sputnik V em território nacional, por meio de parcerias assinadas pelos estados do Paraná e da Bahia.
Em 01 de Dezembro de às 13h24
DJ adia live que estava programada para dia 05 de dezembro. Agora, show será dia 19 e irá ao ar no Multishow.
VER TODAS EM SAÚDE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.