Bonito, Mato Grosso do Sul - 28 de Maio de 2020
Saúde

Japão não recorre ao isolamento geral contra o coronavírus

País reagiu rápido para identificar focos de infecção e proteger a população mais vulnerável.

Com informações BBC News e R7
Em 02 de Abril de 2020 às 07h44

Confrontado com a pandemia da covid-19, o Japão segue se aglomerando em eventos públicos, ao contrário de outros países que recorreram ao isolamento social para limitar a disseminação do vírus.

Recentemente muitas pessoas se aglomeraram ao redor das famosas cerejeiras que começam a florescer nesta época do ano.

Segundo reportagem da BBC , as autoridades não impuseram à população as mesmas medidas extremas adotadas na China, Espanha ou Itália nas últimas semanas.

Comparado à China e à Coreia do Sul, as taxas de contágio e mortalidade do Japão são muito menores. Uma das razões por trás desses números pode ter sido a reação rápida do país para identificar focos de infecção e proteger a população mais vulnerável, bem como seu foco em "grupos de contágio".

Segundo Kenji Shibuya, diretor do Instituto de Saúde da População do King's College, em Londres, o Japão é muito eficiente em testar pessoas em busca do vírus, identificar grupos de contágio e isolá-los.

A primeira morte de coronavírus no Japão foi registrada em 13 de fevereiro de 2020. O total é de 2.384 casos registrados e 57 pessoas morreram diagnosticadas com a doença até o momento, de acordo com o portal World Meters .

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Saúde
VER TODAS EM SAÚDE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.