Bonito, Mato Grosso do Sul - 28 de Novembro de 2021
Saúde

Bonito recebe ultrassom e adere ao projeto "Bem Nascer MS"

O programa visa reduzir a mortalidade materna e infantil em Mato Grosso do Sul, intensificando as consultas pré-natal, fazer a estratificação de risco gestacional e manter acompanhamento diferenciado para gestantes de alto risco.

Com informações de assessoria
Em 22 de Novembro de 2021 às 14h19
(Divulgação)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, lançou na última sexta-feira (19) o "Projeto Bem Nascer MS" que visa reduzir a mortalidade materna e infantil em Mato Grosso do Sul. O programa teve a adesão dos 79 municípios do Estado, que vão intensificar as consultas do pré-natal, fazer a estratificação de risco gestacional e manter acompanhamento diferenciado da gestante de alto risco, em especial, as obesas e hipertensas.

Para fortalecimento das ações do "Bem Nascer MS", R$ 14 milhões foram destinados ao projeto, sendo que R$ 11,6 milhões investidos na compra de 75 aparelhos de ultrassons que serão entregues aos municípios seguindo critérios técnicos de distribuição, além do incentivo financeiro para custeio dos Centros Especializados Materno-Infantil do Estado.

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, o projeto “Bem Nascer Mato Grosso do Sul” surge para evitar a morte de mulheres grávidas ou no pós-parto, bem como dos bebês recém-nascidos. “Por isso, queremos promover esse fortalecimento do sistema de saúde, melhorando os equipamentos, o transporte e contratando mais profissionais, além de investir na qualificação deles”, finaliza.

A cerimônia ocorreu no auditório da Governadoria e contou com a participação do governador Reinaldo Azambuja, da primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja, do secretário da SES, Geraldo Resende, da adjunta da secretaria, Christinne Maymone, e do presidente da Associação dos municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) e prefeito de Nioaque, Valdir Couto Junior. O prefeito Josmail Rodrigues e a primeira-dama de Bonito, Leila Aivi, participaram da cerimônia e receberam um aparelho de ultrassom.

“Essa ultrassom será muito importante para Bonito. É um aparelho moderno, de alta qualidade, que vai garantir um atendimento adequado as mães e aos bebês. Estamos muito felizes por essa conquista e muito gratos ao Governo do Estado pelo cuidado que tem tido com nosso município”, disse o prefeito.

Só neste ano, conforme o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), 45 óbitos maternos foram registrados em Mato Grosso do Sul. Já a taxa de mortalidade infantil está em 11,02 por 1.000 nascidos vivos.

O "Bem Nascer MS" tem como madrinha a primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja, que terá a missão de promover o engajamento de prefeitas e primeiras-damas como madrinhas municipais deste projeto, assim com toda sociedade convidada a colaborar com esta missão.

Assim, Mato Grosso do Sul sai na frente com o lançamento deste projeto tendo clara a missão e definição sobre o "Bem Nascer MS". O Projeto ainda conta com uma plataforma digital que reúne diversas informações como materiais de campanha, informativos, dados sobre mortalidade materna e infantil no Estado. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Saúde
Em 26 de Novembro de às 10h30
Remédio atua prevenindo a replicação do vírus no corpo; seu uso já foi aprovado no Reino Unido.
Em 24 de Novembro de às 15h43
Dose de reforço é válida apenas para maiores de 18 anos após, pelo menos, seis meses do esquema vacinal completo.
VER TODAS EM SAÚDE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.