Bonito, Mato Grosso do Sul - 20 de Setembro de 2021
Saúde

Anvisa aprova uso emergencial do medicamento sotrovimabe contra a Covid-19

Pacientes a partir de 12 anos e que pesem pelo menos 40 kg poderão utilizá-lo. A recomendação é que o remédio seja injetado em dose única de 500 mg.

Com informações de Extra
Em 08 de Setembro de 2021 às 15h37

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quarta-feira (07) o uso emergencial do anticorpo monoclonal sotrovimabe para o tratamento da Covid-19. A aplicação, no entanto, está restrita a pacientes moderados e graves internados em hospitais. A votação foi unânime, numa reunião que durou quase duas horas.

Ao todo, já são cinco medicamentos aprovados no Brasil, sendo esse o quarto em uso emergencial. O medicamento imita a capacidade do sistema imunológico humano de combater o coronavírus ao atuar contra proteína spike, responsável por ligar o vírus à célula.

"Agora, são cinco medicamentos já com autorização específica para uso específico contra a Covid-19, mais as vacinas. Mas nem por isso podemos nos distanciar de todas aquelas medidas não-farmacológicas que são essenciais. Não podemos abrir mão delas, (que são) o distanciamento social, o uso de máscara, a boa higienização das mãos e, é claro, a perfeita adesividade ao Programa Nacional de Imunizações", afirmou o diretor-presidente da Anvisa, almirante Antonio Barra Torres.

Pacientes a partir de 12 anos e que pesem pelo menos 40 kg poderão utilizá-lo. A recomendação é que o remédio seja injetado em dose única de 500 mg. O sotrovimabe não estará à venda em farmácias.

"A autorização de mais um tratamento com anticorpo monoclonal amplia as opções terapêuticas, em especial aquelas capazes de atuar contra as variantes do novo coronavírus que circulam no Brasil. Esperamos que o uso desse medicamento reduza a necessidade de hospitalização em pacientes com Covid-19 leve a moderado", explicou a diretora Meiruze Freitas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Saúde
Em 17 de Setembro de às 16h53
O argumento é que os benefícios da vacinação nesse público ainda não estão claramente definidos e que a OMS não recomenda imunização de adolescentes com ou sem comorbidades.
VER TODAS EM SAÚDE
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.