Bonito, Mato Grosso do Sul - 29 de Março de 2020
Política

Vereadora solicita programa de educação no trânsito nas escolas de Bonito

O "Detranzinho" tem como objetivo promover o desenvolvimento da Educação no Trânsito, motivando os professores e estudantes a participarem de atividades sobre segurança, prevenção de acidentes e regras de circulação, entre outras.

Ketlen da Silva
Em 04 de Março de 2020 às 15h08
(Divulgação/ Jabuty)

Em Sessão Ordinária realizada na última quinta-feira (27), a vereadora Lúcia Miranda solicitou as providências necessárias junto ao DEMTRAT e à Secretaria de Educação para a implantação do programa "Detranzinho" em Bonito.

O projeto tem como objetivo promover o desenvolvimento da Educação no Trânsito, motivando os professores e estudantes a participarem de atividades sobre segurança, prevenção de acidentes com pedestres, ciclistas, passageiros, meio ambiente, regras de circulação, entre outras.

Para participarem do programa "Detranzinho vai à Escola" - que atende estudantes das Escolas da Rede Estadual, Municipal e Privada das séries iniciais do Ensino Fundamental - as escolas interessadas precisam cumprir as seguintes atividades:

  • Participar da Reunião Pedagógica no início do ano letivo, conhecer o programa e se compromissar com o desenvolvimento do projeto;
  • Elaborar projeto e desenvolver as atividades conforme orientação prevista na Proposta Pedagógica da Educação e Ensino para o Trânsito do ano letivo;
  • Acompanhamento técnico do projeto na escola e culminância com a visita dos estudantes na Cidade Escola de Trânsito – Detranzinho;
  • Avaliações aplicadas junto aos professores que acompanham os estudantes durante a visita no Detranzinho.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Política
VER TODAS EM POLÍTICA
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.