Bonito, Mato Grosso do Sul - 9 de Dezembro de 2019
Política

Projeto de lei visa a proibição do plantio de cana-de-açúcar no Pantanal

A exceção, segundo o projeto de lei, será para fins de agricultura familiar ou subsistência.

Agência ALEMS
Em 27 de Novembro de 2019 às 09h06
(ECOA)

Projeto de lei apresentado na última terça-feira (26) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, de autoria do deputado Pedro Kemp (PT), quer proibir a plantação de cana-de-açúcar na área do Pantanal Sul-mato-grossense.

A exceção, segundo o projeto de lei, será para fins de agricultura familiar ou subsistência.

De acordo com a justificativa do projeto de lei, que visa incluir a proibição da plantação, a alteração se faz necessária desde que o Governo Federal publicou em 6 de novembro deste ano a revogação do Decreto 6.961 de 2009, que estabelecia o zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar e impedia a expansão do cultivo para áreas consideradas sensíveis ao país, como a Amazônia e o Pantanal.

Se aprovada, a medida alterará a Lei Estadual 328/1982, que atualmente já proíbe a “instalação de destilaria de álcool e usinas de açúcar na área do Pantanal Sul-mato-grossenses, representada pela Zona da Planície Pantaneira, bem como nas áreas adjacentes, representadas pela Zona do Chaco, Zona Serra da Bodoquena, Zona Depressão do Miranda e Zona Proteção da Planície Pantaneira”.

O projeto agora segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Política
VER TODAS EM POLÍTICA
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.