Bonito, Mato Grosso do Sul - 15 de Abril de 2021
Polícia

Ministério Público investigará festa clandestina em Bonito

Evento aconteceu em descumprimento a decreto estadual que impõe medidas restritivas visando ao combate à pandemia.

Redação 
Em 30 de Março de 2021 às 11h31
Promotoria de Justiça em Bonito (MS). (Foto: Divulgação)

Festa clandestina que aconteceu em Bonito no último fim de semana se tornou alvo de investigação pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul.

Em nota, o órgão lamentou que o município de Bonito, destino reconhecido internacionalmente como modelo em ecoturismo, tenha atraído a atenção de forma negativa pelo descumprimento do Decreto Estadual nº 15.638, por parte de jovens que se reuniram para uma festa de aniversário.

A instauração da notícia de fato pelo Ministério Público aconteceu após a 2ª Promotoria de Justiça tomar conhecimento de um evento que causou aglomeração no fim de semana, quando cerca de 45 jovens se reuniram para comemorar um aniversário na área rural de Bonito. A Polícia Militar, a Vigilância Sanitária e a Guarda Municipal estiveram no local, encerraram a festa e conduziram duas pessoas à delegacia.

"Não é possível que estas pessoas não tenham respeito ou empatia pelo que está acontecendo. Estamos batendo recorde em número de mortes no Estado”, comentou o promotor de Justiça de Bonito, Alexandre Estuqui Junior.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Polícia
VER TODAS EM POLÍCIA
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.