Bonito, Mato Grosso do Sul - 28 de Novembro de 2021
Geral

MPF investiga falhas na atenção à saúde indígena em Nioaque

Em posto de saúde de uma das aldeias, morcegos e mau cheiro tomam conta.

Com informações de Campo Grande News
Em 28 de Outubro de 2021 às 16h42
(Aryanne Amaral/IEB)

O MPF (Ministério Público Federal) converteu um procedimento preparatório em inquérito civil que apura a suposta ausência de atendimento e a prestação insuficiente dos serviços públicos de saúde nas Aldeias Cabeceira e Brejão, em Nioaque.

A portaria foi publicada na edição desta quinta-feira (28) no Diário Eletrônico do MPF. Conforme a denúncia, o problema se arrasta desde 2019 também nas Aldeias Água Branca e Taboquinha, com soluções efetivas nestas e outras apenas pontuais nas demais citadas.

Problemas no fornecimento de medicamentos, ampliação das equipes de saúde e disponibilização de veículos chegaram a ser resolvidos, mas permanece a necessidade da realização de reparos na sede do posto de saúde da Aldeia Brejão.

Moradores relataram que a situação é mais crítica na parte da laje, onde está a caixa d'água da unidade, que haveria morcegos gerando fortes odores pelo prédio. Instado a se manifestar, o Dsei/MS (Distrito Sanitário Especial Indígena) colocou o posto da Aldeia Brejão na programação da manutenção na primeira semana de outubro.

Porém, a procuradoria não recebeu informações de que o serviço foi efetuado. Assim, o MPF voltou a oficiar o Dsei para esclarecer a atuação dispensada à saúde para a comunidade indígena das Aldeias Cabeceira e Brejão.

O Campo Grande News procurou a Funai (Fundação Nacional do Índio), que não se manifestou até a presente publicação. O espaço segue aberto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Geral
Em 24 de Novembro de às 07h34
A expectativa é que a data movimente cerca de 259 milhões de reais, em Mato Grosso do Sul.
Em 23 de Novembro de às 12h55
VER TODAS EM GERAL
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.