Bonito, Mato Grosso do Sul - 7 de Julho de 2020
Geral

Bonito tem saldo negativo na criação de empregos no mês de abril

Município registrou -206 vagas, no saldo entre contratações e desligamentos.

Natani Ferreira
Em 29 de Maio de 2020 às 13h00
Reprodução/Portal MS

O município de Bonito registrou no mês de abril 243 demissões e 37 admissões, segundo dados do divulgados na última quarta-feira (27) pelo Ministério da Economia, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Com isso, o saldo da criação de empregos foi de -206.

Nos meses de janeiro e fevereiro, os saldos foram positivos, com criação de 24 e 51 vagas, respectivamente. Porém, desde o início da pandemia do coronavírus, os números de demissões aumentaram. Em março, foram registradas 111 vagas a menos.

Por outro lado, o desempenho de Mato Grosso do Sul foi positivo nos quatro primeiros meses do ano, com 734 empregos criados, no saldo entre contratações e desligamentos. Outros 58 dos municípios do Estado fecharam com saldo positivo em contratações, com destaque para Naviraí (576 novos empregos), Rio Brilhante (484 novos empregos) e Sonora (467 novos empregos).

De acordo com o Caged, em março, quando os efeitos da crise do coronavírus começaram a ser sentidos, foram fechadas 240.702 vagas formais no país. Já no mês de abril, a eliminação de vagas de trabalho formais se acelerou: foram 860.503 postos fechados, o pior resultado da série histórica da Secretaria Especial de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, que tem início em 1992.

O resultado de abril vem da diferença entre as contratações (598.596) e as de demissões (1.459.099) registradas no mês. O setor de serviços foi o que mais demitiu. Foram fechadas 362.378 vagas neste setor apenas no mês de abril.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Geral
VER TODAS EM GERAL
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.