Bonito, Mato Grosso do Sul - 4 de Dezembro de 2020
Eventos

Veículos apreendidos com o tráfico em Mato Grosso do Sul serão leiloados

Entre os bens ofertados está o carro de luxo, Hyundai Elantra, ano/modelo 2014/2015, com lance inicial de R$ 10 mil.

Com informações Senad
Em 22 de Outubro de 2020 às 08h49
Divulgação/Senad.

A Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), com o apoio do Governo do Estado, via Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) realizam leilão eletrônico para vender 30 lotes de veículos, sucatas e bens que foram apreendidos com o tráfico em Mato Grosso do Sul.

Com lances iniciais a partir de R$ 200, o remate ocorre exclusivamente na internet, na modalidade oferta de maior preço.

Entre os bens ofertados estão carros populares, como um Fiat Uno Vivace, 1.0, ano/modelo 2010/2011, que iniciou o leilão a R$ 3.000,00. Carro de luxo, como o Hyundai Elantra, ano/modelo 2014/2015, com lance inicial de R$ 10.000,00, motocicletas, caminhões e até semirreboques.

São lotes com direito à documentação, ou seja, que podem circular normalmente após serem transferidos e regularizados junto aos órgãos de trânsito e sem direito à documentação, que neste caso podem somente ser vendidos como sucata, sendo vedado o emplacamento ou circulação, por exemplo.

O leilão segue até às 15 horas do próximo dia 30 de outubro e para participar os interessados devem realizar um cadastro no site https://www.leiloesjudiciais.com.br/, pelo menos 48 horas antes do fechamento do leilão, para análise dos dados do cadastro e confirmação da participação.

O edital e todas as regras do leilão estão disponíveis no link https://www.leiloesjudiciais.com.br/externo/lotes/27126

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Eventos
VER TODAS EM EVENTOS
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.