Bonito, Mato Grosso do Sul - 28 de Janeiro de 2021
Eventos

Corumbá prorroga situação de emergência e limita “Louvação à Iemanjá”

Os devotos têm 15 minutos para fazerem suas oferendas, entre às 05h00 e 21h45, com no máximo 15 pessoas e respeitando as regras de biossegurança.

Ketlen da Silva
Em 29 de Dezembro de 2020 às 16h39
(Prefeitura de Corumbá/Gisele Ribeiro)

A Prefeitura de Corumbá prorrogou o reconhecimento da situação de emergência no município, em decorrência da pandemia da Covid-19. O Decreto Nº 2.451 foi publicado na edição desta terça-feira, 29 de dezembro, do DioCorumbá.

A decisão leva em consideração que até o presente momento a infecção pelo novo Coronavírus ainda não está controlada, sendo ainda identificado aumento na curva não só em Corumbá, mas no país como um todo. A medida foi estendida até o dia 30 de junho de 2021.

O novo decreto também dispõe sobre a proibição da realização do evento “Louvação à Iemanjá” na Prainha do Porto Geral. Com a determinação, o objetivo é evitar a aglomeração de pessoas no local.

Entretanto, os devotos poderão manifestar sua fé desde que respeitando algumas regras de biossegurança. O documento autoriza às religiões de matriz africana e adeptos apenas a realização de entrega de oferendas, desde que cada terreiro faça sua oferenda em um período de 15 minutos com no máximo de 15 pessoas. O acesso à Prainha do Porto será controlado pelos agentes da Agência Municipal de Trânsito e Transporte, da Guarda Civil Municipal e membros do Grupo de Fiscalização Integrada do Município de Corumbá, do dia 29 a 31 de dezembro.

A entrega das oferendas poderá ser realizada entre 05h00 e 21h45, conforme estabelece o toque de recolher em todos os municípios de Mato Grosso do Sul e também será mantida o uso obrigatório de máscaras faciais.

Em virtude do cancelamento do evento "Louvação à Iemanjá", também não será permitida a comercialização de bebidas e alimentos por ambulantes e proprietários de barracas na Prainha do Porto Geral e adjacências.

Conforme esclareceu o diretor-presidente da Fundação da Cultura e Patrimônio Histórico, Joílson Silva da Cruz, essa medida não é um cerceamento à manifestação religiosa, trata-se, na verdade, de assegurar que nenhuma aglomeração possa ser elemento propagador do vírus da Covid-19.

Elisangela Oliva, diretora-presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, reitera que além das regras que definem como acontecerá a entrega das oferendas, não será permitida a circulação de vendedores ambulantes, nem a montagem de barracas para a comercialização de bebidas e alimentos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Eventos
Em 26 de Janeiro de às 08h55
O evento é gratuito e totalmente on-line.
Em 25 de Janeiro de às 11h15
São ofertados 29 automóveis e 157 motocicletas.
Em 19 de Janeiro de às 07h30
A capacitação será realizada na sede da Escola Municipal Águas do Miranda.
Em 12 de Janeiro de às 16h32
O feriado prolongado permanece mesmo com as festas de ruas adiadas por conta da pandemia do novo coronavírus.
VER TODAS EM EVENTOS
Notícias em destaque agora
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.