Bonito, Mato Grosso do Sul - 14 de Julho de 2020
Agronegócio

Artigo: Aprovação de Pagamento por Serviços Ambientais incentiva preservação no Brasil

Para a SRB, o Projeto de Lei aprovado na Câmara reconhece agricultor como protagonista da sustentabilidade no Brasil.

Sociedade Rural Brasileira
Em 05 de Setembro de 2019 às 14h37

A aprovação do Projeto de Lei que institui a Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais (PNPSA) é um passo importante para a preservação das florestas brasileiras e para o reconhecimento do produtor rural como protagonista das ações de sustentabilidade no País. Para a Sociedade Rural Brasileira (SRB), medidas concretas pela redução do desmatamento passam necessariamente pela monetização do excedente de Reserva Legal como forma de recompensar o agricultor.

O PL 312/2015 foi aprovado na noite desta terça-feira (03) pela Câmara dos Deputados. A proposta inclui a possibilidade de remuneração ao produtor que deixar de suprimir a vegetação nativa em sua propriedade mesmo que tenha autorização legal para isso. O projeto segue agora para aprovação no Senado e ainda precisará de um decreto para ser convertido em lei. Só então serão conhecidos os detalhes relativos aos valores a serem pagos e da criação do fundo para financiar as recompensas.

Para o presidente da SRB, Marcelo Vieira, a medida só se converterá em uma política pública viável caso o produtor rural receba o valor equivalente ao que deixou de produzir. "Estamos aos poucos criando instrumentos para que o mercado e os consumidores reconheçam e remunerem os investimentos feitos pelos bons produtores", diz Vieira.

De acordo com a SRB, os produtores brasileiros já seguem o rigor do Código Florestal, que estabelece que os proprietários devem reservar pelo menos 20% da área dos imóveis rurais a título de Reserva Legal. "O PSA já era um mecanismo previsto no Código, mas que até hoje não havia sido regulamentado" explica o presidente da SRB. Segundo dados da Embrapa Territorial, o Brasil destina 30% de suas terras para preservação por meio de decretos governamentais, mais do que qualquer outra nação. O País possui hoje 66% de sua vegetação nativa preservada.

Últimas notícias em Agronegócio
Em 24 de Junho de às 09h40
A praga causou grandes perdas às lavouras de arroz na região sul do Brasil nas décadas de 1930 e 1940.
Em 05 de Setembro de às 14h37
Para a SRB, o Projeto de Lei aprovado na Câmara reconhece agricultor como protagonista da sustentabilidade no Brasil.
VER TODAS EM AGRONEGÓCIO
Notícias em destaque agora
Em 14 de Julho de 2020 às 11h08
Estudo foi publicado no dia 02 de julho no Jornal Internacional de Doenças Infecciosas (International Journal of Infectious Diseases), publicação revisada por outros médicos, de acesso público da Sociedade Internacional de Doenças Infecciosas.
Política de Conteúdo
O objetivo do Bonito Notícias é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados direcionados ao público de Bonito e demais regiões de Mato Grosso do Sul, assim como para leitores de outras regiões do Brasil e exterior. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.